segunda-feira, 6 de junho de 2011

Época de Pinhão


O pinhão é a semente da árvore "Araucaria angustifolia", que já cobriu boa parte do território de Minas Gerais, Espirito Santo, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O pinhão é um excelente alimento.



Os pequenos animais que se alimentam do pinhão são responsáveis pela plantação dos pinherais. Da anta ao sabiá, da queixada à impressionante gralha azul, da vaca ao cavalo, todos gostam do pinhão. A gralha azul é capaz de "plantar" 3.000 pinheiros por hectare. Nos campos de vegetação rasteira formam-se capões de pinheiros graças a esta ave, que enterra os pinhões em lugares úmidos.


O pinhão tem cerca de 5 cms de comprimento, recoberto por uma casca lisa de cor castanha. A polpa é a parte comestível, muito dura se estiver crua, e deliciosa quando cozida. É formada basicamente de amido.

Cozido ou assado na brasa, não tenha pressa. Deixe o fogo atuar lentamente para que a casca se abra e libere todas as qualidades de aroma e sabor dessa maravilha da natureza. Essa é a maneira mais tradicional de se deliciar com o pinhão, mas essa semente da araucária também entra bem em receitas doces e salgadas.

Pinhão Cozido:

1 kg de pinhões escolhidos
1 litro de água
4 colheres (sopa) de sal

Como Preparar:

Lave muito bem os pinhões.
Coloque em uma panela de pressão a água e o sal.
Misture e acrescente os pinhões, tampe e leve ao fogo.
Tão logo consiga pressão na panela, abaixe o fogo e cozinhe por 40 minutos.
Desligue o fogo e aguarde abaixar a pressão da panela.
Escorra os pinhões e sirva como quiser, assado, molho vinagrete ou um quibe de pinhão na receita abaixo!!
QUIBE DE PINHÃO (4 pessoas) 




Ingredientes
350 gramas de pinhão
5 colheres de sopa cheias de trigo para quibe
1 cebola pequena
3 colheres de sopa de cottage em pasta balkis
¼ de maço de salsinha
3 colheres de sopa de azeite extra virgem
4 gotas de molho de pimenta tabasco
1 colher se sobremesa de manteiga
Sal (quanto baste)



Modo de Preparo:

Separe todos os ingredientes que vão participar da receita e comece por colocar o trigo de molho em bastante água. Se estiver com pressa coloque o trigo de molho em bastante água e depois, 10 minutos no microondas. 
Cozinhe o pinhão em panela de pressão até que fique bem macio. Descasque-os e bata no liquidificador na função pulsar para que fiquem totalmente esfarelados.
Enquanto o pinhão cozinha, corte a cebola em brunoise (lembra? Brunoise é o nome do corte que transforma aquilo que você vai cortar – a cebola – em cubos de 3 milímetros de lado). Reserve.
Lave e corte a salsinha o menor que conseguir.
Quando tiver o pinhão cozido e triturado, escorra o trigo e esprema-o bem com as mãos.
Junte todos os ingredientes: o pinhão, a salsinha, a cebola, o trigo, o azeite, a pasta de cottage Balkis, o sal e o molho de pimenta. Misture tudo muito bem até que fique uma massa homogênea.
Unte um refratário pequeno com azeite e coloque a massa do quibe. Faça cortes como na foto ou como quiser, entre os pedacinhos coloque manteiga na junção dos cortes para hidratar bem a massa durante o cozimento. Pense: quase tudo já está cozido. Na verdade, o quibe vai ao forno apenas para dourar e cozinhar a cebola. Então, asse sem ressecar em forno a 180 graus. Sirva quente ou frio e bom apetite!


(Receita criada exclusivamente para a Balkis pela chef Márcia Micheli.)