terça-feira, 12 de abril de 2011

Restaurante Green Chicken - Exemplo de Sustentabilidade Gastronômica



O Green Chicken foi apresentada durante a I Mostra de Sustentabilidade para Hotéis, Restaurantes e Turismo, que aconteceu dentro da Feira Internacional de Produtos e Serviços para Gastronomia, Hotelaria e Turismo (Fistur), de 28 a 30 de março, no Palácio de Convenções do Anhembi, em São Paulo.
Conhecido internacionalmente como Wellness Food, no Brasil será chamado de Green Chicken, alimentação do bem estar. Este conceito surgiu após a necessidade dos adeptos do "fitness" terem passado por anos ingerindo suplementos alimentares, tais como vitaminas e energéticos, como maneira de manterem a boa forma.
A empresa Korin Agropecuária, maior produtora de frangos naturais do Brasil, ou seja, sem aditivos, antibióticos, alimentação sem promotores de crescimento antimicrobianos e anticoccidianos, com alimentação exclusivamente vegetal, produzida em fábrica própria é a parceira do projeto Green Chicken.
Cardápio Orgânico que será servido na feira - Durante o evento os visitantes poderão conferir ao vivo e almoçar no Green Chicken, restaurante oficial da feira, que será montado no Espaço de Gastronomia Orgânica.




Prato Principal: Espeto de Frango Natural Grelhado - Acompanhamentos orgânicos: creme de milho, creme espinafre/polenta mole e polenta assada/massas /nhoque de banana verde. Buffet de Saladas orgânicas. Sobremesa: Frutas da época orgânicas
Durante a feira em ação promocional o cardápio será vendido ao visitante por R$ 20,00, em sistema self service - Idealizado pelo arquiteto Sergio Carramate, da Carramate Arquitetura & Interiores em parceria com o empresário Sérgio Chamma da Orgânicos & Funcionais, o Green Chicken nasce com o propósito de popularizar a alimentação orgânica às classes populares, usando como meio o tradicional, famoso e brasileiro frango com polenta, porém nas versões orgânicas.
De acordo com Sergio Chamma, "o projeto inédito no Brasil deverá aliar o conceito saudável dos produtos orgânicos e funcionais a um restaurante que contribuirá sistematicamente para a melhoria da qualidade de vida do indivíduo por meio da criação de um cardápio com pratos enriquecidos e balanceados, procurando extrair o máximo de seu real valor nutritivo.
A ideia por trás do Green Chicken é também a do resgate das origens, dos valores, que provocará junto aos consumidores uma nova cultura tanto para as famílias, como os jovens, esportistas, naturalistas, formadores de opinião e consumidores em geral que sejam preocupados com seu bem estar fazendo com que a freqüência habitual no restaurante exerça um papel fundamental na mudança de hábitos e cultura de consumo.
Outro conceito do Green Chicken é alimentação funcional e equilibrada, rica em fibras, baixo sódio e colesterol, uma ferramenta capaz de proporcionar ao consumidor uma alimentação que promova a melhoria de sua qualidade de vida e a diminuição dos riscos de doenças geradas por má alimentação ou pelo consumo de alimentos contaminados por agroquímicos e o excesso de produtos industrializados, ricos em conservantes e corantes.
A Proposta do Restaurante Green Chicken.: Frango com polenta brasileiríssimo e tudo orgânico - O Restaurante Green Chicken. terá como seu principal ingrediente o frango natural assado ou grelhado, conforme cardápio desenvolvido, além de outras opções de pratos e acompanhamentos tradicionais da culinária brasileira com ingredientes orgânicos e funcionais. O cardápio foi elaborado por nutricionista e chef de cozinha com larga experiência em gastronomia orgânica e funcional.
Para atingir um maior número de consumidores o Projeto Green Chicken está formatado para operar como franquias em todo Brasil, com sistema de serviço a La carte, cujo ticket médio está previsto para R$ 30,00.
Na proposta estão contemplados somente produtos selecionados, naturais, orgânicos, nacionais que seja comprado de fornecedores locais ou certificados pela operadora. O objetivo principal de acordo com os idealizadores será a construção de uma imagem de comida nutritiva e saudável, ambiente agradável, sistema inédito e preço justo.
Para ressaltar a experiência do arquiteto responsável Sergio Carramate, no layout do restaurante serão aplicadas algumas normas de sustentabilidade para reforço do conceito, utilizando ainda, materiais construtivos renováveis, uniformes feitos com tecidos reciclados e móveis de madeira certificada, entre outras ações.
Para inserir o Green Chicken no campo da responsabilidade social, como forma de preservação ao meio ambiente e à melhoria da qualidade de vida dos indivíduos a operadora adotará uma ONG para ser ícone das campanhas que serão trabalhadas no marketing.
Modelo de Negócio - De acordo com o conceito apresentado, o melhor modelo de empresa será o de franquia por meio de contrato de uso e licenciamento de marca e transferência de know-how cujo principal objetivo será de:
Explorar e expandir comercialmente a rede de restaurantes especializada no conceito citado para atuar em locais comerciais.
.Elaborar pratos com produtos orgânicos e funcionais somente de fornecedores certificados na parceria, assim como a venda de produtos criados e desenvolvidos pelo franqueador por meio de venda direta.
.Desenvolver para cada segmento comercial um tipo de loja adequado, ou seja: restaurante, lanchonete, quiosque, projeto temático e assim por diante.
.Despertar a "Consciência Ecológica" dos franqueados e do público consumidor,.
Buscar como franqueados, investidores e empresas segmentadas, fundos de capital de riscos e pessoas ligadas ao setor verde.
.Oportunidades de mercado- Ser a maior rede de franquia de restaurantes de comida saudável e funcional e com a maior variedade de produtos orgânicos e saudáveis do Brasil.
.Poder atender a demanda dos consumidores ávidos por uma alimentação rica, balanceada e de baixo colesterol e níveis de gordura a um preço justo.
.Ser referencial dentro do mercado Food Service, aproveitando o favorável apelo da imagem que os produtos orgânicos e funcionais produzem na mídia e nos consumidores, favorecendo o crescimento do consumo e a melhoria da qualidade de vida dos consumidores.
Criar tendências de mercado e formação de opinião.
Formato das Unidades: Restaurante/Café - Unidades instaladas em ruas de grande movimento comercial, hotéis, flat's, com áreas de 250 a 400m2. O cardápio será completo com serviços variados que irão desde café da manhã, almoço, happy hour e jantar.
Express - Formato para lojas instaladas em praças de alimentação, locais confinados, tais como shopping center, cantinas de hospitais, clubes e escolas, com tamanho reduzido entre 35 e 60m2 com cardápio será composto com os mesmos ingredientes, mas em formato de pratos combinados com valores reduzidos a fim de atender a demanda do público adepto ao fast food.
Eventos & Catering - Inicialmente até que se componha o número necessário de unidades para a implantação da cozinha central, este serviço fará parte, exclusivamente, da unidade piloto, que contará com o apoio de uma equipe extra para atender festas, buffets, serviços de catering para shows internacionais e eventos ligados a área de sustentabilidade.
Delivery - Cada unidade implantada possuirá seu próprio sistema de entregas em domicílio com área de abrangência e pratos diferenciados do cardápio, focando mais a linha de fast food.
Marketing - O sucesso do empreendimento virá por meio da somatória de vários fatores, tais como atmosfera mágica, ambiente agradável, comida muito gostosa, preço justo e serviço perfeito. Um plano de mídia foi desenvolvido junto com os parceiros do projeto, com ações que irão variar desde um programa de fidelidade até a participação do restaurante em revistas e outros veículos de propaganda. Para isto já esta previsto no orçamento a cobrança de uma taxa de promoção e marketing para ser utilizada na divulgação da casa.
Assessoria de Imprensa e Comunicação Institucional também está contemplada no projeto, o que deverá gerar mídia espontânea e consolidar a imagem e a marca Green Chicken junto aos formadores de opinião e consumidores.
Qualidade nos Serviços - Sistema de aperfeiçoamento de qualidade- O projeto contempla o sistema APPCC (análise dos principais pontos críticos e conflitantes), onde são identificados os principais pontos críticos e as técnicas de controle a serem aplicadas para corrigir o problema.
Oportunidades de Investimento - O restaurante Green Chicken é uma ótima oportunidade de negócio por se tratar de um sistema ainda inédito não só no Brasil, mas em todo o mundo por causa do seu formato, tipo frangaria. Logo após sua inauguração poderemos contemplar o retorno de seu sucesso por meio dos comentários em toda a mídia local e internacional.
Por isso, em termos de investimentos se torna tão atrativo, uma vez que seu retorno se dará em menor tempo previsto do que na maioria dos outros restaurantes.

A Páscoa - Hora do Bacalhau e Agora???



Esses dias que antecedem a semana santa é uma delicia para quem gosta de cozinhar e uma duvida para leigos quando se trata da compras de bacalhau.
Então depois de passar por um treinamento do pessoal do Consulado da Noruega e do Legítimo Bacalhau da Noruega,faço esse post para esclarecer e passar meu conhecimento a todos interessado(a). 


O Bacalhau é um peixe salgado, seco e naturalmente preparado, conservando todas as propriedades do peixe fresco.
É nutritivo, saboroso, de fácil digestão, rico em minerais e vitaminas, e com colesterol quase zero.É saudável e totalmente natural.
Além disso tudo, o valor nutritivo de 1kg de bacalhau equivale a 3,2 Kg de peixe! Rende mais, podendo alimentar de 6 a 8 pessoas.
O bacalhau é mais nutritivo que o peixe, a carne e o frango. E permite inúmeras variações na cozinha do dia-a-dia, com receitas práticas que não deixam a rotina do feijão com arroz acabar com seu prazer de comer.Coma mais bacalhau : é gostoso e só faz bem.

Do ponto de vista técnico, entende-se por peixe salgado e seco o produto elaborado com peixe limpo, eviscerado, com ou sem cabeça e convenientemente tratado pelo sal ( cloreto de sódio ) , devidamente seco, não podendo conter mais de 40% de umidade para as espécies consideradas gordas, tolerando-se 5% a mais para as espécies consideradas magras.
Dentro destas características, existem 5 tipos diferentes de peixes salgados secos no mercado brasileiro ( que também podem ser vistos em Fotografias ) : Cod Gadus Morhua, Cod Gadus Macrocephalus, Saithe, Ling e Zarbo.
Pela legislação que está sendo aprovada, apenas dois tipos poderão utilizar a designação Bacalhau: o Cod Gadus Morhua, o Legítimo Bacalhau, e o Cod Gadus Macrocephalus, o bacalhau do Pacífico. Os demais deverão receber a designação"pescado salgado seco".



Cod Gadus Morhua é o Legítimo Bacalhau. É pescado no Atlântico Norte e considerado o mais nobre tipo de bacalhau. Tem coloração palha e uniforme quando salgado e seco; quando cozido, desfaz-se em lascas claras e tenras, de sabor inconfundível e sublime. É o bacalhau recomendado em todos os pratos da cozinha internacional.


COD Gadus Macrocephalus, ou Bacalhau do Pacífico, é muito semelhante em aspecto com o Cod Gadus Morhua. Seu habitat é o Pacífico Norte.
É um peixe claro e tem sido vendido em muitos pontos de venda, devido à semelhança, como sendo Legítimo Porto. Não é fácil diferenciar um do outro: uma das formas é observando bem o rabo e as barbatanas - se tiverem uma espécie de bordado branco nas extremidades, é Macrocephalus. Outra forma é pela coloração: o macro é um peixe bem mais claro (quase branco) que o Legítimo Porto.

Saithe é um tipo mais escuro e de sabor mais forte. É o tipo mais importado atualmente e é o campeão de vendas no Nordeste brasileiro. É utilizado para bolinhos, tortas, mexidos, saladas e ensopados de bacalhau.
O Ling é bem claro e mais estreito que os demais. Tem um bom corte e é muito apreciado no Brasil. Sua carne é clara, bonita e muito boa para grelhar.
Zarbo é um peixe pequeno e claro, que se adapta bem ao corte transversal e tem muito boa rentabilidade.


O que é o Bacalhau do Porto?
Historicamente, a cidade do Porto foi a primeira a receber e preparar o bacalhau que os pescadores portugueses buscavam nas águas geladas da Terra Nova, Islândia e Groenlândia. Ainda hoje o Porto é a principal cidade culinária do bacalhau.
Por tradição cultural, no Brasil o nome "Porto" passou a identificar o bacalhau de melhor qualidade. Era o bacalhau que vinha da Cidade do Porto, e era comercializado no porto das capitais do Rio e Salvador.

Usava-se chamar "Porto" apenas o  bacalhau tipo Cod Gadus Morhua acima de 3 kg, que quando cortado apresenta grossas lascas, de bela cor e suave textura.
No entanto, exportadores e supermercados também utilizam a denominação "Porto" para o Cod Gadus Macrocephalus, o que confunde o consumidor.

Atualmente,  o "Bacalhau Porto" que identificamos no mercado brasileiro, pode ser de origem norueguesa, portuguesa, islandesa, espanhola ou francesa ( principais países exportadores). E pode ser do tipo Cod Gadus Morhua e Cod Gadus Macrocephalus, com peso superior a 3 kg.


Espero ter esclarecido algumas dúvidas e estou a disposição para esclarecimentos.