segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Chefs Especiais 


Somos brancos, negros, loiros, amarelos, baixos, ruivos, down, altos, magros, pardos, gordos, olhos verdes ou azuis, sem graça, olhos castanhos ou negros,deficientes físicos, simpáticos, felizes, vários credos, cabelos lisos, cabelos crespos, carecas,.......

Somos um milhão de coisas, cada um de nós com suas características, mais ou menos marcantes mas, somos nós, PESSOAS, independentes de qualquer coisa, ou de qualquer fato, ou qualquer preconceito.

Não importa nada, o que importa é estarmos de bem com a vida e nos respeitarmos mutuamente para que sejamos respeitados.

Façamos a nossa parte! Erraremos? Sim, mas saberemos aproveitar esse erros e torná-los futuros acertos. O fundamental é não desistirmos porque encontraremos em nosso caminho o ciúme, a crítica, o próprio preconceito. O importante é não desistir de amar nosso semelhante, NUNCA, independente de nossas diferenças ou semelhanças.

Projeto:

Iniciado em maio de 2006 por um casal paulistano, é destinado ao lazer, entrosamento, ampliação do rol de amizades, e desafio dos próprios limites a Portadores de Síndrome de Down na área da Gastronomia, aberto também a portadores de outras síndromes ou deficiências.

Compromisso:

Fazer com que os participantes tenham momentos agradáveis e despertar o interesse gastronômico em cada um deles, sem pretensões pedagógica e/ou clínica.

Apoiadores:

A participação dos mesmos no projeto Chefs Especiais consiste em doação de produtos, serviços e espaço para realização das aulas, não envolvendo em momento algum doação pecuniária.

As aulas:

Sempre mensais, totalmente interativas dadas por diferentes Chefs de Cozinha , onde os participantes literalmente colocam as mãos na massa. Os pratos são degustados por eles ao final de cada aula. A participação é gratuita aos alunos, acompanhantes e convidados.

Idealizadores:

Dedicam-se ao projeto em suas horas vagas, uma vez que os mesmos possuem atividades profissionais paralelas.

Doações:

Não são aceitas doações em dinheiro e ninguém está autorizado a pedir doações em nome do projeto.