segunda-feira, 24 de maio de 2010

Culinária Italiana

Como não resistir ao sabor da culinária italiana? O aroma, a aparência, o colorido, todas as características desta culinária atiçam os nossos sentidos.




A massa é o carro chef da culinária italiana, mas neste país também é muito comum o consumo de peixes e frutos do mar, já que é um território circundado de mar. As carnes também são comuns, apesar da maioria ser proveniente de outros países como a Holanda e Alemanha.Os pratos italianos são bem rústicos, utilizam muitas ervas, como manjericão, mangerona, óregano, sálvia e outros condimentos, que dão aquele aroma que só de pensar já nos faz salivar.


O pão e o azeite são imprescindíveis. O pão sempre faz parte das refeições, um acessório essencial para degustação dos molhos. O azeite italiano é considerado um dos melhores do mundo, principalmente os fabricados no sul da Itália. Os tomates são de excelente qualidade, devido ao solo em que são plantados, o clima, são condições ideais para o plantio. Geralmente são pequenos e pouco ácidos, diferentemente dos que encontramos aqui em nosso país.




Se o tomate tem estas características, não fica difícil entender o motivo que faz os molhos serem saborosos. O molho ao sugo é a base para tudo, não somente para massa, mas também para outras preparações.


O grande segredo da massa é o molho, são inúmeros tipos, podemos citar alguns:Pesto genovês (pinoles, manjericão, azeite, alho, queijo parmesão)Ao sugo (tomate fresco)Napolitano (sugo + outros componentes como cebola, manjericão, etc.)Ragu alla Bolognese (ao sugo + carne bovina picada, o nosso conhecido molho à bolonhesa)Outra preparação muito comum e típica italiana é o risoto, elaborado somente com o tipo de arroz específico para esta preparação, que é o arbóreo, carnaroli ou vialone nano.Os italianos levam um tempo maior para realizar suas refeições, principalmente o almoço, eles têm o hábito de comer um prato de cada vez, diferente da maioria dos brasileiros que colocam todas as preparações no mesmo prato. No máximo alguns apreciam a salada antes do prato principal.


Veja um exemplo de cardápio de um almoço italiano:- Antepastos: bruschettas- Primo piatto: geralmente a massa ou um risoto- Secondo piatto: carnes, legumes (caponatta, ratatouille) - Salada de folhas: é sempre por último, segundo alguns italianos é porque ajuda na digestão.- Sobremesa: Tiramisú ou pudim de arroz com chocolate, pudim de pão, frutas da estação.


A Itália é uma região pobre em doces, não é o seu grande atrativo.


Curiosidade

O queijo mais caro está na Itália, que é do tipo provolone, é uma peça única, que pesa 90 kg, produzido esporadicamente. Para sua fabricação utiliza-se cerca de 18.000 litros de leite, de excelente procedência. É vendido por um preço exorbitante.



Como preparar um macarrão al dente


Massa fresca: Água, sal grosso e um fio de azeite ou óleo, para que não grude uma massa na outra. Em 4 litros de água, coloque 1 colher de sopa de sal grosso. Adicione a massa somente quando a água estiver em plena ebulição. Cozinhe por 4 minutos.Massa seca: O mesmo procedimento, mas deixe cozinhar entre 8 e 13 minutos.Para saber se está bom, tire uma tira ou pedaço da massa, da panela, observe no meio, tem que ter um fiozinho branco da espessura de um fio de cabelo, escorra e regue com algum tipo de gordura, azeite ou óleo de preferência.



Molho ao sugo:Jamais colocar uma pitada de açúcar no molho para tirar a acidez do tomate, porque o molho fica adocidado e não é essa a intenção. Uma dica é cozinhar junto com o molho um pedaço grande de cenoura, para reduzir bem a acidez do molho. Quando pronto, retire a cenoura e descarte.Ouse!
Espero que tenham gostado das dicas..

Abraços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário